Visite a Nova Loja do ShoppingNatural
   ::   Home  |   Lojas  |   Receitas  |   Minuto Natural  |   Horóscopo  |   Quem Somos  |   Cadastre-se  |   Fale Conosco   ::   
 :: Segmentos
 :: Alimentos Naturais
 :: Alimentos Orgânicos
 :: Aminoácidos
 :: Brinquedos / Presentes
 :: CD´s & Fitas
 :: Chás
 :: Cosméticos & Beleza
 :: Doces
 :: Enfeites
 :: Ervas
 :: Esotéricos
 :: Fibras & Cereais
 :: Fitoterápicos
 :: Floriculturas
 :: Incensos & Aromas
 :: Light & Dietéticos
 :: Máquinas e Utensílios
 :: Mel & Derivados
 :: Óleos Essenciais
 :: Revistas & Livros
 :: Softwares / Sistemas
 :: Suplementos Alimentares
 :: Vitaminas & Proteínas

 :: Previsão do Tempo
Saiba como anda o tempo em algumas capitais do Brasil.

 :: São Paulo

 :: Rio de Janeiro

 :: Belo Horizonte

Conheça o beautyonline.com.br

 :: Newsletter
Inscreva-se e receba as últimas notícias e novidades do ShoppingNatural.

Digite seu e-mail:
 
BOA NOITEQuarta-Feira, 03 de Setembro de 2014 - 01:31h
  Procurar por em 
 :: Conheça também
[+] Veja outras Lojas, Clique Aqui
 :: Dicas - Beauty On Line
 
EXÉRCITO TIRA-MANCHAS
 
O verão duradouro e inclemente deste ano deixou marcas na sua pele? Ainda é tempo de recorrer a cremes, peelings, laser e máscaras.
O sol é o grande culpado por essas manchas no seu rosto e no seu corpo. Ele se une a outros fatores, como hereditariedade e alterações hormonais, e estimula a produção de melanina, muitas vezes de forma desordenada. Daí sua pele vira palco para quatro tipos de mancha:

MELASMAS (OU CLOASMAS) São manchas castanhas que surgem no rosto e têm formato que lembra um mapa. Geralmente estão relacionadas a alterações hormonais (gravidez, uso de anticoncepcional) ou a algum medicamento.

SARDAS Aparecem mais no rosto e no colo de peles claras e jovens. Em geral a causa é genética.

MELANOSES ACTINICAS Também chamadas de manchas senis, são pintas claras ou amarronzadas que surgem nas mãos, nos braços, no colo e no rosto de pessoas mais velhas ou que tomaram muito sol. É comum na pele clara, mas pode atingir também as mais escuras.

MANCHAS BRANCAS Surgem mais no corpo do que no rosto (pernas e braços, principalmente).

VEJA COMO SE LIVRAR DELAS

CREMES

São os tratamentos mais suaves. Não removem manchas profundas, mas clareiam as superficiais. Contêm substâncias em concentrações baixas: o efeito é menor, mas as reações adversas também caem. "É importante usar cremes com filtro solar durante o dia, para manter o efeito dos agentes clareadores", diz a dermatologista Iara Yoshinaga, de São Paulo. O Soin Depigmentant Protecteur SPF 15, da Galénic, R$ 70 (com vitamina C), e o Soin Superlatif Éclaircissant, de Anna Pegova, R$ 78, são produtos com fator de proteção solar. Já o Clariderm Gel, da Stiefel, R$ 19 (com hidroquinona na composição), e o Creme Clareador Clair Action Plus, da Valmari, R$ 40 (com ácidos glicólico e kójico), têm fórmula que combina ingredientes clareadores e são indicados para usar à noite.

FÓRMULAS

Prescritas pelos dermatologistas, são muito eficientes. As substâncias mais usadas são ácido kójico, ácido azelaico, ácido fítico, ácido glicólico, retinol, retinaldeído, vitamina C e hidroquinona ­ considerada a mais eficaz entre todas, mas com a desvantagem de muitas pessoas serem alérgicas a ela.

AMELAN

Faz sucesso nos consultórios médicos. Mistura em baixas concentrações substâncias que tradicionalmente já eram usadas para tratar manchas (ácido kójico, hidroquinona e ácido azelaico) com a alfaquimiotripsina (enzima que potencializa a ação de outros despigmentantes). São dois tipos de Amelan, o R, que exige supervisão médica, e o M, que pode ser usado até durante o dia. Em duas semanas os resultados aparecem. "É fundamental usar por pelo menos um ano e, depois, fazer manutenções periódicas", diz a dermatologista Jozian Quental, de São Paulo. É um tratamento caro: R$ 1,5 mil pelas aplicações e por um pote de Amelan M, que dura 45 dias. Depois, mais R$ 450 a R$ 600 a cada novo pote (o preço é fixado em dólar). Pode ser feito no verão. Reduz até 90% das manchas superficiais e recentes e até 60% das profundas e antigas.

SKIN WHITENING COMPLEX

Uma mistura de substâncias fitoterápicas, como semente de arroz e uva, também é bastante receitada. "Não é tão eficiente quanto a hidroquinona, mas apresenta bem menos efeitos colaterais", afirma a dermatologista Luciana Conrado, de São Paulo.

SUPERTRATAMENTOS

São os tratamentos feitos com laser e peelings. Eles removem manchas mais profundas. O número de sessões depende das condições da pele de cada paciente. LASER Três tipos são mais usados, o de Alexandrite, o Nd-Yag e o de Rubi. O Alexandrite e o de Rubi são indicados para manchas mais profundas. O Nd-Yag atua melhor nas superficiais. Para verificar a profundidade da mancha, existe um exame simples que a maioria dos dermatologistas faz em consultório. O preço médio da sessão de laser é de R$ 500.

PEELING COM ÁCIDO RETINÓICO

São cerca de seis sessões, com intervalos de 15 dias, em que o médico aplica ácido retinóico em concentrações crescentes (de 1% a 10%). Você vai para casa com o produto e só o retira depois de oito a 12 horas, lavando o rosto. A pele pode ficar ressecada e irritada, mas geralmente não arde. Indicado para todo tipo de mancha. Custa cerca de R$ 150 a sessão.

PEELING COM ÁCIDO GLICÓLICO

Mais agressivo (e dolorido) que o de ácido retinóico, também é usado em todo tipo de mancha. "A supervisão médica é indispensável, pois, dependendo da sensibilidade da pele, podem ocorrer queimaduras se for deixado por muito tempo", adverte Nuno Osório, dermatologista do Departamento de Laser da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Cerca de R$ 150 a sessão.

NITROGÊNIO LÍQUIDO

Um dos mais antigos tratamentos para manchas senis. É aplicado no corpo ou no rosto para destruir os melanócitos que produzem melanina em excesso. Dói um pouco e forma-se uma pequena bolha, que desaparece entre sete e dez dias. Custa, em média, R$ 250 a sessão.

NOVIDADES

Duas novas descobertas chegaram recentemente para reforçar o arsenal tira-manchas.

LICORICE

Substância derivada de uma planta alemã, pode ser usada em qualquer tipo de mancha escura. "Venho obtendo bons resultados", afirma Jozian Quental. Indicado para quem é alérgico a um dos componentes do Amelan, como a hidroquinona. A exemplo do Amelan, a licorice tem dois tipos: R (para uso com supervisão médica) e M (de uso doméstico). O tratamento custa em média R$ 750 e inclui três peelings e um preparado com licorice M para manutenção caseira.

B-CLEAR

Essa fonte de luz (como o laser) parece ser promissora no tratamento de manchas brancas. Trata-se de um aparelho que emite raios ultravioleta B ­ a radiação do sol responsável pelo bronzeamento e também usada em câmaras de bronzear. "A vantagem é que o feixe de luz atinge somente a lesão, estimulando a produção de melanina naquele ponto", explica Nuno Osório. Criado para tratar psoríase e vitiligo, custa de R$ 100 a R$ 200 a sessão.

Texto: Gillian Borges
Foto: Sylvic Lancrenon
 
< Outras Dicas... >
 
 :: Administração
Usuário
Senha
 
Turismo Aventura
Long Way Up - Brasil / Perú
Espaço Social
Conheça a AACD
Conheça a GreenPeace
New Document
 :: Promoções:
Home  | Lojas  | Receitas  | Minuto Natural | Horóscopo  | Quem Somos  | Cadastre-se  | Fale Conosco
 
© 2001-2014 ShoppingNatural
 
 Todos os direitos reservadosDesenvolvido por DAT@TEX